Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Síria: John Kerry e Boris Johnson pedem mais sanções contra a Rússia

Síria: John Kerry e Boris Johnson pedem mais sanções contra a Rússia
Tamanho do texto Aa Aa

Os Estados Unidos da América e o Reino Unido pedem mais sanções contra a Síria e contra a Rússia por causa do cerco à cidade de Alepo.

O chefe da diplomacia norte-americana, John Kerry e o homólogo britânico, Boris Johnson, reuniram-se esta tarde, em Londres, com diplomatas europeus para discutir possíveis soluções para a violência na Síria.

Para Kerry e Johnson, a solução para o conflito depende do regime de Bashar al-Assad e da Rússia.

“A verdadeira resposta acredito que esteja com aqueles que estão a perpetrar isso, ou seja, em grande parte o regime de Assad e os seus fantoches, na forma dos russos e dos iranianos. Cabe-lhes aproveitar este momento para reconhecer a oportunidade. E, no meu ponto de vista, mostrar grandeza e liderança”, afirmou o ministro dos Negócios Estrangeiros do Reino Unido.

As conversações de Londres ocorrem um dia depois do encontro em Lausana, na Suíça, entre John Kerry e o homólogo russo, Serguei Lavrov, ter fracassado, na tentativa de alcançar algum tipo de acordo que ponha fim à ofensiva sobre a castigada cidade síria de Alepo.