EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Franco-marroquina Leila Slimani vence Goncourt

Franco-marroquina Leila Slimani vence Goncourt
Direitos de autor 
De  Nelson Pereira
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

A jovem escritora franco-marroquina Leïla Slimani, de 35 aos, foi anunciada esta quinta-feira vencedora do prémio literário Goncourt, pelo seu último livro “Chanson…

PUBLICIDADE

A jovem escritora franco-marroquina Leïla Slimani, de 35 aos, foi anunciada esta quinta-feira vencedora do prémio literário Goncourt, pelo seu último livro “Chanson douce”.

Este é o terceiro romance de Leïla Slimani. Nascida em Marrocos, foi jornalista na revista Jeune Afrique. A sua primeira obra literária, “Dans le jardin de l’ogre”, publicada em 2014, descreve de forma clínica os sofrimentos de uma ninfomaníaca.

““Chanson douce”“:https://www.youtube.com/watch?v=hBMr_2EOHRE não é um romance doce. Abordando o tema da maternidade, Slimani serve ao leitor uma cena de choque, quando uma ama, Louise, mata duas crianças pequenas que tinha ao seu cuidado. O romance faz o regresso ao passado para aproximar a raiz do descarrilamento emocional de uma mulher terna.

Os dez membros do júri, presidido por Bernard Pivot, tinham a discernir na etapa final entre quatro nomes, dois homens e duas mulheres: Leïla Slimani, Catherine Cusset, Régis Jauffret e Gaël Faye.

Leïla Slimani reçoit le #PrixGoncourt 2016 pour “Chanson douce” et succède ainsi à Mathias Énard #PrixLittéraire > https://t.co/uOkZLNOboYpic.twitter.com/0xR0897ikz

— Ministère CultureCom (@MinistereCC) 3 novembre 2016

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Paris 2024: previsões do quadro de medalhas, factos, programa do dia de abertura e quais os recordes que poderão ser batidos

"Muro da Trégua" na Aldeia Olímpica apela à paz no mundo

Presidente da Câmara de Paris nada nas águas do rio Sena