A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Skyscanner passa para mãos chinesas

Skyscanner passa para mãos chinesas
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O grupo chinês de agências de viagem Ctrip.com acaba de anunciar a compra da britânica Skyscanner, um dos maiores sites e aplicações de pesquisa de viagens.

Esta compra, avaliada em 1,4 mil milhões de libras, o equivalente a cerca de 1,6 mil milhões de euros, vai permitir à Ctrip aumentar a presença a nível global.

O grupo chinês pensa também contribuir com a tecnologia necessária para melhorar o serviço da Skyscanner. A Skyscanner, disponível em formato de sítio Internet ou aplicação para telemóvel, permite pesquisar voos e comparar em tempo real os preços de várias agências de viagens online e companhias aéreas. A empresa já ponderou uma introdução em bolsa e foi avaliada sensivelmente ao preço a que agora a Ctrip a comprou.