EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Coreia do Sul: primeiro-ministro Hwang Kyo-Ahn assume presidência interina

Coreia do Sul: primeiro-ministro Hwang Kyo-Ahn assume presidência interina
Direitos de autor 
De  Euronews com AP, AFP, Reuters
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Na Coreia do Sul, o primeiro-ministro Hwang Kyo-Ahn assumiu a presidência interina do país na sequência da destituição da presidente Park Geun-hye acusada de corrupção e tráfico de…

PUBLICIDADE

Na Coreia do Sul, o primeiro-ministro Hwang Kyo-Ahn assumiu a presidência interina do país na sequência da destituição da presidente Park Geun-hye acusada de corrupção e tráfico de influências.

Falando esta sexta-feira numa conferência de imprensa, o novo presidente interino afirma sentir “profunda responsabilidade” sobre o escândalo que levou à destituição da presidente.

O tribunal constitucional tem agora 180 dias para produzir uma decisão sobre o futuro de Park Geun-hye.

A moção de destituição foi aprovada com mais dos dois terços dos votos necessários: 234 votos a favor, 56 contra, 2 abstenções e 7 votos nulos.

Anteriormente, a presidente Park havia negado ter infringido a lei admitindo contudo descuidos na relação com a sua amiga Choi Soon-sil, a figura central no seio deste escândalo de corrupção.

“Vou responder calmamente e de acordo com os procedimentos constitucionais e legais no processo de destituição investigado pelo Tribunal Constitucional assim como pelo procurador especial”, disse a presidente após ter sido conhecido o resultado da moção de destituição.

Nas ruas, as notícias foram recebidas com alegria por milhares de manifestantes.

Há seis semanas que todos os sábados manifestantes reúnem-se na capital, Seoul, exigindo a demissão da presidente.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Sul-coreanos protestam contra descargas de Fukushima

Escuteiros deslocados na Coreia do Sul por causa do mau tempo

Coreia do Sul evacua acampamento de 36 mil escuteiros devido à tempestade Khanun