Última hora

Dieselgate: Prisão para executivo da VW na Coreia do Sul

Dieselgate: Prisão para executivo da VW na Coreia do Sul
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Um executivo da Volkswagen na Coreia do Sul foi condenado pela justiça local a um ano e oito meses de prisão por falsificar documentos sobre as emissões gases e de ruídos para obter as certificações necessárias à importação dos veículos. Esta é mais uma das consequências do chamado dieselgate que manchou a reputação do construtor alemão.

Na sequência do escândalo, o ministério do Ambiente da Coreia do Sul suspendeu, em agosto do ano passado, a venda de 80 modelos Volkswagen, Audi e Bentley e multou o construtor em mais de 14 milhões de euros.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.