EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Camião-cisterna explode na Síria e mata dezenas de pessoas

Camião-cisterna explode na Síria e mata dezenas de pessoas
Direitos de autor 
De  Ricardo Figueira
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A explosão deu-se em Azaz, junto à fronteira turca. Um carro-bomba do Daesh terá estado na origem.

PUBLICIDADE

Com Reuters

Em Azaz, na Síria, a explosão de um camião-ciserna matou várias dezenas de pessoas. A explosão aconteceu no centro desta cidade, junto à fronteira com a Turquia, dominada por forças rebeldes, em particular o Exército Livre Sírio, coligação de rebeldes moderados apoiada pela Turquia, que combate tanto as forças de Bashar el-Assad como o Daesh.

Azaz fica relativamente perto de Alepo, a cidade recentemente reconquistada na quase totalidade pelas forças regulares e que tem sido palco dos maiores combates das últimas semanas.

A explosão terá feito entre 43 e 60 mortos. Os números diferem conforme as fontes.

Segundo a agência turca Dogan, um carro armadilhado colocado pelo Daesh terá estado na origem da explosão – talvez uma retaliação pelas recentes ações do exército turco. Num comunicado, as autoridades turcas disseram que em 24 horas foram atingidos 12 alvos do Daesh, mortos pelo menos 21 membros da organização terrorista e destruídos vários edifícios e veículos.

O estrondo foi tão forte que se ouviu do outro lado da fronteira, em Kilis, na Turquia. 23 feridos foram transportados para o hospital dessa cidade, segundo os números da agência Anadolu. Dessas pessoas, uma terá morrido durante o caminho.

VIDEO (Graphic): Aftermath of car bombing in Azaz in N. #Syria which reportedly killed at least 60 people.https://t.co/yEp7YeSBdc

— Conflict News (@Conflicts) January 7, 2017

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Israel ataca unidade de defesa aérea no sul da Síria com mísseis

Embaixador iraniano na Síria promete retaliação após alegado ataque israelita destruir consulado

Ataque israelita destrói consulado iraniano em Damasco e mata alta patente militar