Última hora

Ministro da Defesa da Costa do Marfim libertado pelos militares revoltosos

Ministro da Defesa da Costa do Marfim libertado pelos militares revoltosos
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O ministro da Defesa da Costa do Marfim foi libertado pelos militares amotinados que o retiveram durante algumas horas na cidade de Bouaké. Em causa estaria a contestação a parte do acordo apresentado pelo governo para pôr fim a dois dias de motins. A libertação de Alain-Richard Donwahi parece indicar um entendimento com os soldados que ocuparam várias cidades na passada sexta-feira para exigir melhores salários e condições de trabalho.

No entanto, nem Donwahi, nem os militares fizeram declarações após o incidente em Bouaké. Antes de o presidente Alassane Outtara regressar do Gana para proferir um discurso televisivo apelando à calma e abrindo a porta ao acordo, os soldados tinham bloqueado o acesso a algumas localidades e foram registados tiroteios em cidades como Abidjan.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.