Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Vencedores dos Globos de Ouro: "La La Land: Melodia de Amor" bate recordes

Vencedores dos Globos de Ouro: "La La Land: Melodia de Amor" bate recordes
Tamanho do texto Aa Aa

Brilho, glamour e várias fotografias para os paparazzi marcaram a tónica da cerimónia dos Globos de Ouro organizada pela Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood.

O musical “La La Land: Melodia de Amor” bateu o recorde e arrecadou sete Globos de Ouro; incluindo o de melhor ator e o de melhor atriz na categoria de comédia.

As previsões apontavam para que o filme dominasse a noite em Los Angeles. O mesmo não aconteceu para o vencedor do melhor filme dramático: “Moonlight” surpreendeu.

É uma história intemporal de auto-descoberta – “Moonlight” conta a vida de um jovem negro que cresce num bairro duro de Miami, enquanto luta para encontrar o seu lugar no mundo.

O prémio para melhor atriz na categoria dramática foi para Isabelle Hupert. A atriz francesa venceu pelo papel no filme “Elle”: “Há pessoas de todo o mundo aqui nesta sala: deste a China até ao mundo árabe, da América até à Europa. Não esperem que o cinema levante barreiras ou fronteiras. Muito obrigada.”

A atriz de 63 anos retratou Michèle Leblanc, uma empresária que é atacada na própria casa. O thriller psicológico também ganhou o Globo de Ouro para melhor filme estrangeiro.

Casey Affleck, ganhou o globo para melhor ator dramático em “Manchester by the Sea”. Foi o primeiro Globo de Ouro do ator.

O prémio para a melhor atriz secundária entregue a Viola Davis por “Vedações”. No filme, Davis interpreta a esposa de um ex-jogador de beisebol que luta para sustentar a família. O filme é realizado por Denzel Washington, que interpreta o marido de Davis.

O ator britânico Aaron Taylor-Johnson levou para casa o prémio de melhor ator secundário pelo papel em “Animais Noturnos”, de Tom Ford. Finalmente, Meryl Streep foi o centro das atenções no final da cerimónia dos Globos de Ouro em Los Angeles.