Última hora

Turquia aprova artigos da Constituição que outorgam mais poder de Erdoğan

Turquia aprova artigos da Constituição que outorgam mais poder de Erdoğan
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O presidente turco, Recep Tayyip Erdoğan, disse, esta sexta-feira, que um cenário de eleições antecipadas, por agora, não está descartado se o Parlamento se encontrar “incapaz de trabalhar”.

As declarações de Erdoğan aos jornalistas ecoaram numa altura em que se discutem alterações constitucionais que abrem a porta a uma mudança do sistema governamental para o presidencialismo.

“Nunca pensámos que seria bom ter eleições antecipadas, mas a questão agora na agenda é bastante diferente. Não se trata de uma questão que surgiu durante períodos estáveis. Se o Parlamento já não funcionar então podem considerar-se, claro está, tais coisas”, referiu Erdoğan.

Entre confrontos, o Parlamento turco já aprovou oito dos 18 artigos da controversa reforma constitucional. Esta sexta-feira deu “luz verde” a três artigos, entre eles o que outorga mais poder ao presidente do país.

Na segunda-feira, em Ancara, a polícia turca dispersou centenas de manifestantes que se concentraram em frente ao Parlamento em protesto contra os planos de reforma constitucional. Foi nesse dia que se começou a discutir a revisão, que precisa de pelo menos 330 votos para ser submetida a referendo.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.