EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Lavrov acusa Ocidente de minar negociações de paz

Lavrov acusa Ocidente de minar negociações de paz
Direitos de autor 
De  Ricardo Figueira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Acusação surge a poucos dias do começo das conversações em Astana, no Cazaquistão.

PUBLICIDADE

Na Síria, enquanto os combates se intensificam na zona de Deir el-Zour, o chefe da diplomacia russa acusa os países ocidentais de quererem por fim às negociações de paz.

Esta cidade, no leste da Síria, está a ser alvo da maior ofensiva em um ano por parte do grupo radical Estado Islâmico contra uma cidade controlada pelas forças governamentais.

MAP: Reports #ISIS has captured al-Maqabis and Jiraiya from gov. forces in Deir Ezzor, cutting off airbase from rest of city – CivilWarMap</a> <a href="https://t.co/Y2qFe7RVPJ">pic.twitter.com/Y2qFe7RVPJ</a></p>&mdash; Conflict News (Conflicts) January 16, 2017

Esta ofensiva, que terá feito mais de 80 mortos, acontece a uma semana do início de negociações de paz em Astana, no Cazaquistão, promovidas pela Rússia e pela Turquia, na qual vão participar vários grupos rebeldes.

Serguei Lavrov acusa o Ocidente de pôr estas negociações em perigo: “Espero que alguns países ocidentais que ficaram de fora destas negociações não tentem miná-las, o que seria pior para todos. Temos essa informação, mas esperamos que a abordagem sensata prevaleça sobre o desejo de vingança”, disse o MNE russo.

Estas conversações de paz não contemplam o Daesh, que antes desta ofensiva reconquistou Palmira, numa movimentação surpresa. Os combates em Deir el-Zour fizeram o Programa Alimentar Mundial suspender a entrega de ajuda humanitária na zona.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Israel ataca unidade de defesa aérea no sul da Síria com mísseis

Embaixador iraniano na Síria promete retaliação após alegado ataque israelita destruir consulado

Ataque israelita destrói consulado iraniano em Damasco e mata alta patente militar