Putin desmente rumores sobre Trump, mesmo se "prostitutas russas são as melhores do mundo"

Putin desmente rumores sobre Trump, mesmo se "prostitutas russas são as melhores do mundo"
De  Ricardo Figueira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Um suposto relatório relata uma armadilha dos serviços secretos russos a Donald Trump, com detalhes mais que escabrosos.

PUBLICIDADE

Vladimir Putin é categórico: As notícias postas a circular sobre uma suposta armadilha montada a Donald Trump são falsas.

O presidente russo garante que as supostas informações conseguidas pelos serviços secretos americanos são uma calúnia: “As pessoas que encomendam estas notícias falsas, que as fabricam e as usam com fins políticos são piores que as prostitutas. Não têm quaisquer restrições morais. A Rússia lida há muito com pessoas dessas, nossas opositoras”, disse o presidente russo.

O relatório, divulgado por vários meios de comunicação, falava de uma suposta orgia num hotel de Moscovo e contém pormenores, no mínimo, escabrosos: “Trump chega e vai logo para um hotel de Moscovo para se encontrar com prostitutas. Em primeiro lugar, trata-se de um homem adulto. Depois, é alguém que organiza concursos de beleza há muitos anos. Acho difícil acreditar que tenha ido a correr para um hotel para se encontrar com as nossas raparigas, mesmo se são as melhores do mundo”, ironizou Putin.

Trump também já tinha desmentido o conteúdo do suposto relatório dos serviços secretos americanos, segundo o qual a tal festa teria sido uma armadilha montada pela espionagem russa para chantagear o agora presidente eleito.

I win an election easily, a great “movement” is verified, and crooked opponents try to belittle our victory with FAKE NEWS. A sorry state!

— Donald J. Trump (@realDonaldTrump) January 11, 2017

É um novo episódio da tensão diplomática entre os Estados Unidos e a Rússia. A alegada ingerência russa nas eleições americanas levou os Estados Unidos a expulsar um grande número de diplomatas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Putin diz que prefere o "previsível" Biden a Trump na Casa Branca

Trump paga 175 milhões de dólares para evitar apreensão de bens em caso de fraude

Trump diz que não tem dinheiro para pagar caução de 454 milhões de dólares ao tribunal