Arredores de Paris vivem novos tumultos depois da violação de jovem por parte da polícia

Arredores de Paris vivem novos tumultos depois da violação de jovem por parte da polícia
De  Ricardo Figueira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Na quinta-feira, ao ser detido na sequência de um controlo de identidade, Théo terá sido agredido, sodomizado com um bastão da polícia e vítima de insultos racistas.

PUBLICIDADE

Em Aulnay-sous-Bois, nos arredores de Paris, viveu-se uma terceira noite de tumultos, depois da alegada violação em bando de um homem por parte de um grupo de polícias, durante uma detenção.

Os tumultos, que tiveram como epicentro a “Cité des 3000”, bairro social onde vive o jovem de 22 anos, levaram a 24 detenções.

#Aulnay – Une nouvelle voiture incendié à l'instant. Plusieurs départs de feux à #AulnaySousBois. pic.twitter.com/n0qU68xyBf

— Remy Buisine (@RemyBuisine) February 7, 2017

Na quinta-feira, ao ser detido na sequência de um controlo de identidade, Théo terá sido agredido, sodomizado com um bastão da polícia e ainda vítima de insultos racistas. O exame médico confirmou as lesões. O jovem continua hospitalizado. Um polícia foi constituído arguido por violação e três outros por agressões.

Ontem, os habitantes do bairro organizaram uma marcha a pedir justiça. O candidato socialista à presidência Benoît Hamon pediu também penas exemplares.

Mes pensées pour Théo et sa famille. Il faut une enquête déterminée et transparente. #justicepourtheo 1/2

— Benoît Hamon (@benoithamon) February 6, 2017

Les policiers représentent la République qui protège. Il y a urgence à rétablir la confiance #justicepourtheo 2/2

— Benoît Hamon (@benoithamon) February 6, 2017

Já o sindicato de polícia Alliance denuncia um linchamento mediático contra as forças da ordem.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Dezenas de manifestantes anti-NATO entram em confronto com a polícia em Nápoles

Protestos convocados à medida que a Geórgia revive polémica lei sobre 'agentes estrangeiros'

Agricultores polacos bloqueiam autoestrada para a Alemanha