Última hora
This content is not available in your region

Conselheira de Trump debaixo de fogo por promover produtos da filha do presidente

euronews_icons_loading
Conselheira de Trump debaixo de fogo por promover produtos da filha do presidente
Tamanho do texto Aa Aa

Uma comissão do Congresso norte-americano vai analisar se a conselheira senior da Casa Branca Kellyanne Conway violou regras éticas, ao promover produtos da linha de roupa da filha de Donald Trump, Ivanka.

Questionado sobre a polémica, o porta-voz da administração Trump, Sean Spicer, disse apenas que Conway já “recebeu aconselhamento legal acerca do assunto”.

Durante uma entrevista televisiva, emitida a partir da sala de imprensa da Casa Branca, a conselheira de Trump tinha afirmado que Ivanka tem “uma linha de roupa maravilhosa”, que ela própria possuía “várias peças” e que todos deviam “comprar” os seus produtos.

Na véspera, o presidente norte-americano tinha atacado, através do Twitter, a cadeia de armazéns Nordstrom, depois desta anunciar a decisão de deixar de vender a linha de vestuário e acessórios de Ivanka Trump.

A nova polémica fortalece os argumentos dos que acusam o clã Trump de usar a Casa Branca para promover os seus interesses comerciais.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.