Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Procuradora de Nova Iorque processa Trump

Procuradora de Nova Iorque processa Trump
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A procuradora-geral de Nova Iorque, Barbara Underwood, pediu a um juiz estadual para dissolver a fundação de Donald Trump e impedir o presidente norte-americano, bem como os seus filhos Donald Jr., Eric e Ivanka , de ocupar qualquer cargo diretivo em organizações sem fins lucrativos em Nova Iorque.

No Twitter, a procuradora afirmou publicamente estar processar a fundação Donald J. Trump e os três filhos do presidente por violações "extensivas e persistentes" à lei, acusando-os de ter usado a instituição como um "livro de cheques" para benefício próprio ou dos seus negócios.

Donald Trump usou a mesma rede social para reagir dizendo que não vai entrar em acordo, porque a sua fundação deu mais do que o que recebeu. Aproveitou também para atacar o procurador que deu início à investigação do caso, recentemente acusado de assédio sexual.

O processo que entrou agora no Supremo Tribunal em Manhattan pede a restituição de 2.milhões e 800 mil dólares acrescidos de juros, a proibição de Trump exercer cargos de direcção em organizações de solidariedade em Nova Iorque e um ano de proibição para os três filhos.