Presidente da Comissão Europeia avisa: "Brexit" pode partir UE

Presidente da Comissão Europeia avisa: "Brexit" pode partir UE
De  Francisco Marques
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Jean-Claude Juncker concedeu uma entrevista a ser emitida este domingo numa rádio alemã onde garante não pretender recandidatar-se a liderar o bloco europeu.

PUBLICIDADE

O Presidente da Comissão Europeia avisa: o Reino Unido está a preparar-se para tentar os interesses dos Estados-membros e com isso conseguir um melhor acordo de saída da União Europeia.

Em entrevista à rádio alemã Deutschlandfunk, a ser emitida este domingo, Jean-Claude Juncker admite que os interesses, por exemplo, de húngaros e polacos não são os mesmos de alemães e franceses, e Londres vai tentar jogar com isso.

“Os britânicos vão conseguir, sem grande dificuldade, dividir os outros 27 países da UE. Sabem bem como faze-lo. Vão prometer uma coisa ao estado A, outra ao estado B e outra ainda ao C. No final, não haverá nenhuma frente unida do lado europeu”, antevê o luxemburguês.

#EuropaJunckerEU</a> não se recandidata à presidência da Comissão. Entrevistado por rádio alemã, <a href="https://twitter.com/hashtag/Juncker?src=hash">#Juncker</a> teme divisões na UE depois do Brexit</p>— Antena1, RTP (antena1rtp) 11 de fevereiro de 2017

O Presidente da Comissão Europeia deixa, no entanto, um aviso ao Reino Unido: não podem começar já a negociar em nome próprio com terceiros porque enquanto forem um membro de direito do bloco têm de se cingir à política externa da União Europeia.

Juncker defende ainda que os “28” devem “aproveitar a oportunidade” para ocupar a vaga dos Estados Unidos caso o novo Presidente Donald Trump retire mesmo o país dos tratados estabelecidos ou a serem negociados com a Ásia e os vizinhos do Pacífico.

Simpatizante de Portugal, Juncker revela ainda nesta entrevista não pretender candidatar-se em 2019 a um segundo mandato à frente da Comissão Europeia. “Tive uma bela campanha, mas não vai haver uma segunda porque eu não vou avançar como candidato para um segundo mandato”, garante.

Jean-Claude Juncker não se vai recandidatar a Presidente da Comissão Europeia https://t.co/x8rFDJHObE

— Público (@Publico) 11 de fevereiro de 2017

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Unionistas terminam bloqueio: parlamento da Irlanda do Norte pode retomar atividade no fim de semana

Batalha legal contra as "prisões" temporárias de requerentes de asilo em Inglaterra

Marcha pela reintegração do Reino Unido na União Europeia