Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Prémios BAFTA: La La Land é o grande vencedor da noite

Prémios BAFTA: La La Land é o grande vencedor da noite
Tamanho do texto Aa Aa

Com Lusa

O musical La La Land ganhou o prémio da Academia Britânica de Cinema e Televisão (BAFTA, sigla em língua inglesa). Com um total de cinco galardões, a produção norte-americana foi a grande vencedora desta 70.ª noite dos prémios da academia britânica.

O evento teve lugar numa cerimónia realizada no Royal Albert Hall, em Londres.

O filme, escrito e dirigido por Damien Chazelle, e que conta a história de amor e jazz entre Mia (Emma Stone) e Sebastian (Ryan Gosling) em Los Angeles, impôs-se a Moonlight, de Barry Jenkins, a O Primeiro Encontro, de Denis Villeneuve, a Eu, Daniel Blake, de Ken Loach, e a Manchester by the sea, de Kenneth Lonergan.

Para além do prémio para melhor filme, La La Land recebeu ainda os BAFTA para o melhor realizador, melhor atriz principal, melhor música (Justin Hurwitz) e melhor fotografia (Linus Sandgren).

O segundo grande favorito da noite, o filme Animais Noturnos, de Tom Ford, que também partia com nove nomeações, não recebeu qualquer galardão.

Manchester by the sea obteve os prémios de melhor ator principal (Casey Affleck) e de melhor argumento original.

O filme Lion – a longa estrada para casa conseguiu também dois BAFTA: melhor ator secundário (Dev Patel) e melhor argumento adaptado.

Lista essencial dos vencedores:

*Melhor filme: “La La Land: Melodia do Amor”

*Melhor realizador: Damien Chazelle, “La La Land: Melodia do Amor”

*Melhor ator principal: Casey Affleck, “Manchester by the sea”

*Melhor atriz principal: Emma Stone, “La La Land: Melodia do Amor”

*Melhor ator secundário: Dev Patel, “Lion — a longa estrada para casa”

*Melhor argumento original: “Manchester by the sea”

*Melhor filme britânico: “Eu, Daniel Blake”

*Melhor filme estrangeiro: “O Filho de Saul” (Hungria)

*Melhor música original: “La La Land: Melodia do Amor”

*Melhor som: “O Primeiro Encontro”

*Melhor fotografia: “La La Land: Melodia do Amor”

*Melhor guarda-roupa: “Jackie”