EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Ofensiva em Mossul pode fazer 250 mil deslocados

Ofensiva em Mossul pode fazer 250 mil deslocados
Direitos de autor 
De  Ricardo Figueira
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O governo do Iraque construiu um campo de refugiados a oeste da cidade, em apenas 45 dias.

PUBLICIDADE

Os combates em Mossul, a última grande cidade no Iraque ainda ocupada, em parte, pelo grupo Estado Islâmico, podem fazer mais de 250.000 deslocados, segundo as Nações Unidas.

O governo do Iraque construiu um campo de refugiados a oeste da cidade, em apenas 45 dias, a prever os combates para libertar a zona a oeste do Ninive.

O porta-voz do alto comissariado da ONU para os refugiados, Matthew Saltmarsh, faz um ponto da situação: “Estima-se que haja 250.000 deslocados. Desde o começo da ofensiva a 17 de outubro, 217.000 pessoas já fugiram dos combates e 160.000 continuam deslocadas. Muitas voltaram já para casa, nas zonas recentemente reconquistadas. Mas a situação é pouco clara e é terrível para aqueles que estão encurralados ou que estão afetados pela guerra”.

#UNHCR focuses on readying camps, protection as conditions in densely-populated west #Mosul worsen #MosulOffensivehttps://t.co/KJ3qNRxdegpic.twitter.com/f48VTIIil7

— Matt Saltmarsh (@MattSaltmarsh) 21 février 2017

Our MattSaltmarsh</a> tells Geneva press corps <a href="https://twitter.com/hashtag/Mosul?src=hash">#Mosul</a> fighting might trigger further displacement, UNHCR ready to provide shelter</p>— UNHCRNews (RefugeesMedia) 21 février 2017

As tropas iraquianas, com o apoio dos Estados Unidos, conseguiram novos avanços na segunda-feira, ao expulsar os combatentes do Daesh de uma colina próxima da aldeia de Abu Saif, apenas a dois quilómetros do aeroporto de Mossul. O próximo objetivo é a tomada do aeroporto, para que passe a servir de base à ofensiva aliada.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

União Europeia condena lei do Iraque que criminaliza homossexualidade

Um morto e oito feridos em ataque a base militar iraquiana

Estados Unidos lançam ataque maciço contra milícias no Iraque e na Síria