Tribunal europeu decide contra Geórgia em disputa de canal de TV crítico do governo

Tribunal europeu decide contra Geórgia em disputa de canal de TV crítico do governo
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Jornalistas do Rustavi 2, o mais popular canal de televisão da Geórgia, celebraram a decisão do Tribunal Europeu dos Direitos Humanos que impede que o meio de comunicação volte para as mãos de um próx

PUBLICIDADE

Jornalistas do Rustavi 2, o mais popular canal de televisão da Geórgia, celebraram a decisão do Tribunal Europeu dos Direitos Humanos que impede que o meio de comunicação volte para as mãos de um próximo do poder.

O Supremo Tribunal georgiano tinha decidido a favor do antigo dono, Kibar Khalvashi, um aliado do governo, que afirmava ter sido forçado a vender o canal sob o regime do anterior presidente. Mas os jornalistas do Rustavi 2 afirmavam que o veredito da máxima instância georgiana a favor de Khalvashi constituía apenas uma tentativa de calar uma voz crítica do executivo e apelaram ao tribunal europeu, que decretou uma suspensão por tempo indeterminado.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Georgianos celebram recomendação de Bruxelas com vista à adesão à UE

Protestos convocados à medida que a Geórgia revive polémica lei sobre 'agentes estrangeiros'

Trump paga 175 milhões de dólares para evitar apreensão de bens em caso de fraude