Senado confirma escolha de Trump para o Supremo Tribunal

Senado confirma escolha de Trump para o Supremo Tribunal
Direitos de autor 
De  Rodrigo Barbosa com AFP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Neil Gorsuch foi confirmado como o nono juiz do Supremo Tribunal dos Estados Unidos, que pende assim favoravelmente na direção dos conservadores norte-americanos e da agenda política de Donald…

PUBLICIDADE

Neil Gorsuch foi confirmado como o nono juiz do Supremo Tribunal dos Estados Unidos, que pende assim favoravelmente na direção dos conservadores norte-americanos e da agenda política de Donald Trump.

Depois de um braço-de-ferro de mais de um ano entre democratas e republicanos para preencher o lugar vazio desde a morte de Antonin Scalia, o Senado validou esta sexta-feira a escolha do presidente para o posto.

Os republicanos efetuaram uma alteração histórica nas regras da Câmara Alta do Congresso, reduzindo a maioria necessária no voto que confirmou, com 54 vozes contra 45, a nomeação de Gorsuch, que deverá assumir o cargo já na segunda-feira.

O líder da minoria democrata no Senado, Chuck Schumer, deixou um aviso: “Espero que o juiz Gorsuch tenha ouvido o nosso debate, em particular as preocupações acerca da deriva crescente do Supremo Tribunal numa direção cada vez mais pró-corporativa, que favorece os empregadores, as corporações e interesses especiais, em detrimento da classe laboral”.

Felicitada por Trump, que vê atualmente as capacidades de ação limitadas pelo poder judicial, a nomeação de Gorsuch que, ao ser vitalícia, influenciará provavelmente toda uma geração, é contestada por uma grande parte da sociedade civil nos Estados Unidos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Processo de seleção do júri promete atrasar julgamento de Trump

Trump paga 175 milhões de dólares para evitar apreensão de bens em caso de fraude

Trump diz que não tem dinheiro para pagar caução de 454 milhões de dólares ao tribunal