EventsEventosPodcast
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Johnson & Johnson condenada a pagar mais de 100 milhões de euros a cliente

Johnson & Johnson condenada a pagar mais de 100 milhões de euros a cliente
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Consumidora conseguiu provar em tribunal que a utilização do pó de talco da gigante farmacêutica lhe provocou cancro nos ovários.

PUBLICIDADE

Com agências

A gigante farmacêutica dos Estados Unidos, Johnson & Johnson, foi condenada por um tribunal do estado do Missouri ao pagamento de uma indemnização superior a 100 milhões de euros a uma mulher, que conseguiu provar que desenvolveu cancro nos ovários depois de usar o pó de talco para a higiene íntima produzido pela marca.

Não é a primeira vez que a empresa se vê obrigada a pagar indemnizações a consumidoras em casos semelhantes.

Além disso, vários estudos médicos estabelecem a relação entre a utilização do produto e o aparecimento de tumores.

A Johnson & Johnson foi alvo de cerca de 2400 processos por não avisar o consumidor sobre os riscos relacionados com a utilização do pó de talco que produz.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Biden chama nações "xenófobas" à Índia e Japão

EUA: estudantes universitários são presos por protestos pró-palestinos

Mike Pence: "A maioria dos norte-americanos acredita no nosso papel de líderes do mundo livre"