Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Trump despede diretor do FBI James Comey

Trump despede diretor do FBI James Comey
Tamanho do texto Aa Aa

Donald Trump despediu o diretor do FBI, James Comey.

A decisão, surpreendente, foi anunciada através de um comunicado da Casa Branca, que precisa que o presidente dos Estados Unidos seguiu “recomendações claras” do procurador-geral, Jeff Sessions. O texto precisa que o afastamento de Comey tem “efeito imediato”, abrindo também o processo para encontrar rapidamente um sucessor.

Segundo uma fonte no FBI, a notícia apanhou Comey “de surpresa” e “desprevenido”. A decisão do presidente republicano foi rapidamente criticada pelo campo democrata.

O líder democrata no Senado, Chuck Schumer, afirmou que “se a administração tinha objeções à forma como Comey conduziu a investigação Clinton, tinha-as desde que o presidente assumiu o cargo. Mas não o despediu [nessa altura]. Porquê agora? Sabemos que o FBI tem investigado a possibilidade da campanha de Trump ter conspirado com os russos”.

Comey dirigia a investigação a eventuais ligações entre elementos da campanha de atual presidente e a Rússia com o objetivo de influenciar as eleições de 2016. Sessions terá recomendado o afastamento de Comey pelas revelações que fez acerca do inquérito aos emails de Hillary Clinton.