EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Trump faz negócio das arábias na primeira viagem internacional

Trump faz negócio das arábias na primeira viagem internacional
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O Presidente dos Estados Unidos iniciou na Arábia Saudita a primeira digressão internacional, na qual terá ainda escalas em Israel, no Vaticano, na Bélgica, em Itália, no Reino Unido, no Vietname e nas Filipinas.

PUBLICIDADE

Na primeira viagem oficial para fora dos Estados Unidos, Donald Trump privilegiou para a estreia um aliado histórico no Médio Oriente, a Arábia Saudita.

Acompanhado pela filha Ivanka, a mulher Melania (ambas sem usar o véu habitualmente exigido às mulheres neste país muçulmano) e o secretário de Estado Rex Tillerson, o Presidente dos Estados Unidos aproveitou para fechar, em Riade, diversos contratos de venda de armas, em negócios avaliados em 110 mil milhões de dólares (cerca de 98 mil milhões de euros).

Great to be in Riyadh, Saudi Arabia. Looking forward to the afternoon and evening ahead. #POTUSAbroadpic.twitter.com/JJOra0KfyR

— Donald J. Trump (@realDonaldTrump) 20 de maio de 2017

Para Donald Trump, este “foi um dia tremendo”. “Gostava de agradecer a todos. Registámos tremendos investimentos nos Estados Unidos e o nosso setor militar está muito satisfeito. Queremos agradecer ao rei Salman e à Arábia Saudita, pelas centenas de milhares de milhões de dólares investidos nos Estados Unidos e em empregos, empregos, empregos…”, disse o chefe da Casa Branca.

Recebido em festa na Arábia Saudita nesta primeira viagem oficial como Presidente dos Estados Unidos, durante esta digressão Donald Trump tem ainda escalas previstas em Israel, no Vaticano, na cimeira da NATO, na Bélgica, e na cimeira do G7, em Itália. Mais para o final do ano, ficam as visitas à rainha Isabel II, no Reino Unido, e ao Vietname e às Filipinas, na Ásia.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Mais de 1300 peregrinos morreram durante o Hajj na Arábia Saudita

Calor já matou quase 600 muçulmanos em peregrinação a Meca

Milhares de muçulmanos iniciam a peregrinação oficial a Meca esta sexta-feira