Última hora
This content is not available in your region

Colômbia: FARC querem supervisão internacional no acordo de paz

Colômbia: FARC querem supervisão internacional no acordo de paz
Tamanho do texto Aa Aa

Rodrigo Londoño, o líder das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia, ou FARC, pediu supervisão internacional para a implementação do acordo de paz assinado em novembro do ano passado, em Havana, ante aquilo que considera um “incumprimento reiterado” por parte do Governo Colombiano.


Numa série de mensagens, o líder, também conhecido como Timochenko, fala sobre a detenção de três guerrilheiros que desenvolviam trabalho ligado à implementação do acordo e da possibilidade, face às detenções, do adiamento da entrega de armas por parte das FARC.

O acordo de paz entre as FARC e o governo colombiano pôs fim a mais de 5 décadas de luta armada, cifrada em cerca de 260 mil vítimas.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.