Moscovo apoia Qatar e apela a negociações

Moscovo apoia Qatar e apela a negociações
Direitos de autor 
De  Luis Guita
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied
PUBLICIDADE

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia, Sergei Lavrov, disse, sábado, ao seu homólogo do Qatar, Sheik Mohammed Bin Abdulkrahman Al-Thani, que Moscovo vai esforçar-se para tentar resolver a crescente crise entre Doha e vários países árabes.

Uma manifestação clara do apoio russo ao Emirado, na qual Sergei Lavrov incluí um apelo às negociações

“Solicitamos que todas as contradições sejam resolvidas na mesa de negociações através de um diálogo mutuamente respeitoso,” declarou Lavrov.

No lado oposto da barricada estão os Estados Unidos. No dia anterior, o presidente Donald Trump disse querer mais.

“Queremos o Qatar de volta à unidade dos países responsáveis. Pedimos ao Qatar e outras nações da região que façam mais e mais rápido,” afirmou Trump.

De recordar que a Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos, Egipto e Bahrein cortaram as relações com o Qatar esta semana, acusando Doha de tolerar, ou mesmo incentivar, o apoio a grupos extremistas, incluindo o braço sírio da Al-Qaeda.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Rússia aborta lançamento do foguetão Angara-A5 a minutos da descolagem

Rússia e Cazaquistão vivem "piores cheias em décadas"

Centenas de russos protestam contra “inércia” das autoridades após inundações