EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

EUA: lei islâmica provoca manifestações em várias cidades

EUA: lei islâmica provoca manifestações em várias cidades
Direitos de autor 
De  Luis Guita
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied
PUBLICIDADE

Manifestantes protestaram em várias cidades norte-americanas, no sábado, para denunciar a Sharia, o código legal e moral islâmico que, para os organizadores, representa uma ameaça à liberdade dos norte-americanos.

Os críticos dos protestos acreditam que é o ódio anti-muçulmano que está por trás da condenação.

“A Sharia, contra a qual nos manifestamos hoje, é uma clara contradição da Constituição dos Estados Unidos,” afirmou um homem presente na manifestação anti-Sharia que aconteceu em Nova Iorque.

Os protestos anti-Sharia foram uma iniciativa da organização Act for América e provocaram contramanifestações.

Os contramanifestantes defendiam “direitos para todos”, o fim dos ataques racistas e da intolerância.

“Acho que é uma tentativa velada de julgar e condenar os muçulmanos em geral, que são pessoas amorosas. Maravilhosos nova-iorquinos,” considerou uma mulher que participava na contramanifestação

Nova Iorque, Seattle, Chicago, Boston e Denver foram algumas das cidades norte-americanas onde manifestantes e contra-manisfestantes saíram à rua.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Polícia evacua acampamento de manifestantes pró-Palestina

Absolvição de polícias acusados de matar homem negro causa revolta nos EUA

Centro de Nova Iorque ocupado por protestos contra combustíveis fósseis