A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Marinha ataca alvos do EI na Síria

Marinha ataca alvos do EI na Síria
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Duas fragatas e um submarino russos dispararam seis mísseis contra alvos do grupo Estado Islâmico na Síria.

De acordo com informações veiculadas esta sexta-feira pelo ministério russo da defesa, os mísseis teriam atingido centros de comando e arsenais de armas dos extremistas na província de Hama.

O centro de comando russo teria ainda alertado previamente a Turquia e Israel sobre a ofensiva.

Ainda segundo a Rússia, na última semana forças do grupo Estado Islâmico teriam feito várias tentativas para escapar da cidade cercada de Raqqa, a alegada capital do califado islâmico.

No início da semana, a Rússia anunciou que estava a investigar a possível morte do líder do grupo extremista, Abu Bakr al-Baghdadi.

De acordo com a agência de notícias Interfax, o chefe do comité de defesa da Câmara Alta do parlamento russo, Viktor Ozerov, o nível de certeza da morte do líder extremista estaria “próximo dos 100%”.