EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Bélgica: Tribunal dos Direitos Humanos confirma interdição do véu

Bélgica: Tribunal dos Direitos Humanos confirma interdição do véu
Direitos de autor 
De  Nara Madeira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Tribunal Europeu dos Direitos Humanos confirma interdição do uso do véu islâmico "niqab" na Bélgica

PUBLICIDADE

O Tribunal Europeu dos Direitos Humanos confirmou a proibição, na Bélgica, do uso de qualquer véu feminino que cubra, ainda que parcialmente, o rosto em público. A alta instância considerou, por unanimidade, não estarem a ser violados os direitos fundamentais.

O acórdão sublinha não ter havido violação dos artigos 8º da Convenção Europeia dos Direitos Humanos, sobre o respeito pela vida privada e familiar, o 9º sobre a liberdade de pensamento, consciência e religião, nem do artigo 14º sobre a proibição de discriminação.

Em causa estava o recurso de duas mulheres muçulmanas que contestaram a lei, que entrou em vigor em julho de 2011, e que proibiu as muçulmanas de andarem em público de cara coberta, nomeadamente com o ‘niqab’, véu que cobre a cara, exceto os olhos.

O tribunal considerou a lei belga “necessária numa sociedade democrática”. Em 2014 tinha tomado decisão semelhante no caso da interdição do véu em França.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Parlamento alemão limita uso da "burqa" em espaços públicos

Holanda aprova proibição da burca em espaços públicos

Eleições europeias: O que é que os eleitores querem e o que é que os candidatos prometem?