EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Nicolas Maduro desafia a pressão interna e internacional

Nicolas Maduro desafia a pressão interna e internacional
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O Presidente da Venezuela, Nicolas Maduro, desafia a pressão interna e vinda do estrangeiro e confirma as controversas eleições do próximo fim de semana.

PUBLICIDADE

O Presidente da Venezuela, Nicolas Maduro, desafia a pressão interna e vinda do estrangeiro e confirma as controversas eleições do próximo fim de semana.

Em referência a uma ameaça do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de impor sanções económicas à Venezuela se as eleições não forem canceladas, Maduro disse que: “A direita imperial acredita que pode dar ordens à Venezuela. O único a dar ordens é o povo da Venezuela. O povo governa. Os governos estrangeiros e os estrangeiros não dão as ordens”.

Os venezuelanos vão às urnas para uma Assembleia Constituinte – com o poder de mudar a constituição. Mas a oposição apela ao boicote e exige eleições livres, inclusive para um novo presidente. Tudo acontece num ambiente de protestos. Mais de 100 pessoas morreram em quatro meses de agitação contra o governo.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Guiana: Presidente venezuelano assume controlo da exploração de crude e gás da região de Essequibo

Mega-operação para retomar controlo de prisão

Nigel Farage ultrapassou pela primeira vez partido do primeiro-ministro Rishi Sunak