This content is not available in your region

Milhares de venezuelanos procuram segurança fora do país

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Milhares de venezuelanos procuram segurança fora do país

Uma viagem que poucos queriam ter de fazer nesta altura. Milhares de venezuelanos com raízes noutros países do mundo estão a regressar às origens.
Nos serviços consulares há registo de perto de 180 mil portugueses a viver na Venezuela: 80% a 90% serão oriundos da Madeira, havendo um outro grande grupo da zona de Aveiro, outro de Coimbra e Porto. Uma grande maioria mostrou vontade de ficar no país, mas cerca de 3 mil já regressaram.

Viagem semelhante fez a família Vandenbroucke. Paul, de origem belga, viveu sempre na Venezuela…mas com o agravar da situação política e social, não quis arriscar. O agora exilado e a família rumaram à Bélgica.
Paul explica que “decidimos sair para salvar a vida dos nossos filhos, porque a violência neste momento já custou a vida a milhares de pessoas”.

No discurso da maioria dos que agora saem da Venezuela, a palavra “regressar” continua muito presente. Mas poucos acreditam que isso aconteça num futuro muito próximo.