EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

António Guterres quer Venezuela sem autoritarismo

António Guterres quer Venezuela sem autoritarismo
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas defendeu, ainda, que a Venezuela deve manter-se livre tanto da intervenção estrangeira como do autoritarismo.

PUBLICIDADE

António Guterres insistiu, esta quarta-feira, que a solução para a crise venezuelana deve ser política e pediu ao Governo de Nicolás Maduro e à oposição para retomarem o diálogo.

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas defendeu, ainda, que a Venezuela deve manter-se livre tanto da intervenção estrangeira como do autoritarismo.

“A América Latina conseguiu livrar-se tanto da intervenção estrangeira como do autoritarismo. E essa é uma lição que é muito importante salvaguardar, concretamente na Venezuela”, afirma o diplomata português.

Guterres: Venezuela debe mantenerse libre de injerencias y autoritarismo https://t.co/UXbSxefFhQpic.twitter.com/2tUFDDgpqG

— El Nacional (@ElNacionalWeb) August 16, 2017

Desde o início da crise no país, António Guterres tem evitado criticar, abertamente, tanto o Executivo de Maduro como os líderes da oposição.

Já o gabinete do Alto-Comissariado da ONU para os Direitos Humanos denunciou, várias vezes, a repressão dos manifestantes perpetrada pelas forças de segurança venezuelanas e pediu ao Governo a libertação de líderes da oposição e de todos os detidos por exercerem um direito fundamental: a liberdade de expressão.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Guterres condena ataque "inconcebível" que matou trabalhadores humanitários em Gaza

ONU exige cessar-fogo em Gaza durante o mês sagrado muçulmano do Ramadão

UNRWA diz que Israel está a proibir entrada de ajuda humanitária no norte de Gaza