EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Espanha rende homenagem às vítimas

Espanha rende homenagem às vítimas
Direitos de autor 
De  Nelson Pereira
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Uma missa de homenagem às vítimas do atentado em Barcelona e em Cambrils foi celebrada este domingo na basílica da Sagrada Família

PUBLICIDADE

Uma missa de homenagem às vítimas do atentado em Barcelona e em Cambrils foi celebrada este domingo na basílica da Sagrada Família, na capital da Catalunha.

Participaram na cerimónia os reis de Espanha, Felipe VI e Letícia, o chefe do governo espanhol, Mariano Rajoy, e o presidente do governo da Catalunha, Carles Puigdemon.

Os dois ataques fizeram 14 mortos e 135 feridos. Entre as vítimas mortais, estão duas portuguesas, uma mulher de 74 anos e a neta de 20, e este terá sido o motivo para a deslocação a Barcelona do presidente e do primeiro-ministro portugueses, Marcelo Rebelo de Sousa e António Costa.

O mosaico de Joan Miró, onde se imobilizou na quinta-feira a carrinha que matou 13 pessoas nas Ramblas, converteu-se num memorial em homenagem às vítimas.

“Levantei-me esta manhã e pensei que devia vir aqui honrar a memória de todas estas pessoas que já não regressam às suas casas. É pena… mas a vida continua…”, disse uma mulher. Outro residente sublinhou o sentimento de medo: “Agora vivemos no medo. Acordamos e a primeira coisa que fazemos é ligar as notícias para saber se aconteceu mais alguma coisa, ou que mais recear. Espero que não se repitam ataques terroristas.”

Com medidas de proteção reforçadas e no auge da temporada turística, Barcelona faz silêncio em memória das vítimas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Navio de cruzeiro com 1500 passageiros retido em Barcelona porque 69 bolivianos têm vistos falsos

Dani Alves libertado sob fiança após pagar caução de um milhão de euros

Mobile World Congress com Inteligência Artificial em destaque deve levar 100 mil pessoas a Barcelona