Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Encerraram as urnas

Encerraram as urnas
Tamanho do texto Aa Aa

Estão encerradas as urnas.

Correram com normalidade as eleições históricas, que marcam uma nova era no país e terminam com 38 anos de José Eduardo dos Santos no poder.

Os mais de nove milhões eleitores votaram para a constituição do parlamento. O cabeça de lista da formação mais votada torna-se presidente.

A grave crise económica reforça o anseio dos angolanos por um futuro mais promissor.

A Comissão Nacional de Eleições considerou que o escrutínio decorreu com tranquilidade, apesar de algumas irregularidades.


Alguns partidos da oposição denunciaram a falta de credenciação de delegados de algumas assembleias de voto.

A União Europeia não enviou uma equipa de observadores mas a CPLP – Comunidade de Países de Língua Portuguesa está presente com a liderança do antigo presidente de São Tomé e Príncipe, Miguel Trovoada.