Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Sondagens dão vantagem confortável a Merkel

Sondagens dão vantagem confortável a Merkel
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A um mês das eleições legislativas alemãs, há ainda 45% de indecisos que podem mudar o jogo, mesmo se a CDU de Angela Merkel tem uma vantagem confortável à frente do SPD de Martin Schulz. A opinião de que vai ser a CDU a vencer é partilhada por 46% dos inquiridos, segundo esta mesma sondagem, publicada no jornal Frankfurter Allgemeine. Uma outra sondagem, realizada pelo instituto de sondagens Forsa, mostra os alemães muito mais confiantes na continuação de Merkel na chancelaria. 76% acreditam que o SPD não tem hipóteses de vencer.

A sondagem do instituto Allensbach dá a CDU à frente com 39,5% dos votos, à frente do SPD com 25,5% e dos liberais-democratas com 10%. Seguem-se o partido esquerdista Die Linke, os verdes e a Alternativa para a Alemanha, o partido de direita populista dirigido por Frauke Petry. Todas estas formações terão entre 7% e 8%.