EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Caracas nega incursão militar na Colômbia

Caracas nega incursão militar na Colômbia
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A Venezuela nega que o seu Exército tenha entrado em território colombiano durante exercícios militares realizados junto à fronteira.

PUBLICIDADE

A Venezuela nega que o seu Exército tenha entrado em território colombiano durante exercícios militares realizados junto à fronteira.

No sábado à noite, o governador do departamento colombiano de La Guajira denunciou uma incursão militar, acusando soldados venezuelanos de se apoderarem de objetos de valor de habitantes da localidade de Paraguachón.

Ontem, durante o segundo dia de exercícios militares, o ministro venezuelano da Defesa, Vladimir Padrino López, rejeitou “todas as declarações – regionais e locais – por parte da Colômbia acerca da entrada de unidades militares da Guarda Nacional [venezuela] em Paraguachón. Acusações que”, garantiu, “são completamente falsas”.

As manobras aéreas e terrestres foram ordenadas pelo presidente Nicolás Maduro para fazer face à “ameaça imperial” dos Estados Unidos, depois do homólogo norte-americano, Donald Trump, ter deixado entender que não descartava a opção militar para a Venezuela. Washington reforçou as sanções a Caracas depois da instauração da Assembleia Constituinte, acusando Maduro de impôr uma “ditadura” em território venezuelano.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Guiana: Presidente venezuelano assume controlo da exploração de crude e gás da região de Essequibo

Mega-operação para retomar controlo de prisão

"Diabos" saem às ruas na Venezuela