Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Pressão da água em Roma reduzida face à seca

Pressão da água em Roma reduzida face à seca
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Os serviços de abastecimento de água de Roma decidiram avançar com novas medidas de racionamento para fazer face à seca histórica que afeta este Verão uma grande parte de Itália. A partir do dia 1 de Setembro, fábricas e edifícios através da capital italiana verão reduzida a pressão da água durante o período noturno. A pluviosidade em Roma está, este ano, 70% abaixo da média e o problema é amplificado pela deterioração da rede de abastecimento, com perdas que chegam a atingir 40% da água que deveria chegar ao consumidor.

Numa entrevista telefónica à euronews, o presidente da associação de consumidores italianos Codacons, Carlo Rienzi, afirmou que “as 1300 reparações [anunciadas pela companhia de abastecimento Acea] não são nada. Já existe uma ação em tribunal contra a Acea e [a Codacons] vai avançar com uma ação civil […] contra a empresa e todos os seus acionistas”. Questionado sobre o custo da ineficiência da rede de abastecimento de água para os consumidores, Rienzi diz que “é de 200 a 250 euros por ano e por família”.