Última hora
This content is not available in your region

Atentados do Daesh no Iraque matam mais de oitenta pessoas

euronews_icons_loading
Atentados do Daesh no Iraque matam mais de oitenta pessoas
Tamanho do texto Aa Aa

Uma série de atentados no Iraque fizeram na quinta-feira mais de oitenta mortos e uma centena de feridos. Os ataques foram reivindicados pelo Daesh.

Disfarçados de membros das unidades paramilitares maioritariamente xiitas Hachd al-Chaabi, os extremistas sunitas abriram fogo sobre um restaurante, em seguida fizeram explodir o carro em que se deslocavam junto a um posto de controlo.

Os ataques tiveram lugar próximo da cidade de Nassiriya, 300 km a sul de Bagdade, na província de Zi Qar.

“Havia quatro autocarros com peregrinos iranianos. Homens armados entraram nos autocarros e mataram a tiro os passageiros, enquanto outros em furgonetas atiravam sobre as pessoas. Em seguida entraram no restaurante, e abriram fogo sobre toda a gente, jovens e velhos, não pouparam ninguém. Mataram todas as pessoas que estavam lá dentro”, contou Firas Ahmed, um residente.

Depois de ter perdido em julho Mossul e em agosto Tal Afar, o Daesh controla atualmente no Iraque a cidade de Hawija, 300 km a norte de Bagdade, e três localidades do deserto orienntal próximas da fronteira com a Síria: al-Qaim, Rawa e Anna.