A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Trabalhadores da ILVA em greve

Trabalhadores da ILVA em greve
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Os trabalhadores da metalúrgica ILVA na cidade de Taranto, em Itália, iniciaram esta segunda-feira uma greve de 24 horas, depois de conhecidos os planos do grupo ArcelorMittal para despedir 4 mil pessoas.

Em junho, a líder mundial no setor do aço recebeu luz verde do governo transalpino para a aquisição da empresa, garantindo, que os postos de trabalho não estavam ameaçados.

O ministro do Desenvolvimento Económico italiano diz que o plano do consórcio ArcelorMittal, é “inaceitável.”

O grupo admite vir a reintegrar alguns trabalhadores afetados pela decisão, uma hipótese já criticada por várias estruturas sindicais que falam de uma “ilegalidade.”