Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Refugiados com esperança no futebol

Refugiados com esperança no futebol
Tamanho do texto Aa Aa

«Hope Refugee Football Club» é a primeira equipa de futebol formada por refugiados e requerentes de asilo. «Earth Refugee», é a ONG que iniciou a atividade em 2015 no porto do grego de Pireu e implementa o programa.

Os jogadores vêm da Síria, Afeganistão, Irão e de muitos outros países. Treinam três vezes por semana e, por enquanto, jogam com equipas amadoras. No ano passado, realizaram 35 jogos e perderam 8.

“O futebol é o amor da minha vida. Não tenho namorada, eu só tenho a bola. Fiz muitos amigos de diferentes países. Não precisamos de falar uma língua estrangeira para jogar futebol, comunicamos sem palavras,“afirma o jovem marroquino Abdessadek Chahiwe

Devido ao programa de recolocação, alguns jogadores deixaram a Grécia. Por isso, a equipa tenta encontrar novos jogadores.

Antonis Nikopolidis é o diretor técnico da equipa. É considerado um dos melhores guarda-redes gregos de todos os tempos. Nikopolidis desempenhou um papel fundamental no triunfo da Grécia no Euro 2004.

“Na televisão é diferente. Claro que nos podemos emocionar com o drama dessas pessoas mas, em certa medida, fica-se ausente, não se está envolvido. O meu trabalho com a equipa, ajudou-me a ficar mais próximo, a conhecê-los melhor. Se tentarmos, nós podemos ajudar. Podemos melhorar a vida dos refugiados,” revela Antonis Nikopolidis.

“No início da crise dos refugiados, as ONG tentavam responder às necessidades imediatas, como alimentação, habitação e cuidados de saúde. Posteriormente, perceberam que milhares de refugiados precisam de passar o tempo de forma criativa. O programa «Hope Refugee» é um dos casos que serve este fim,” esclarece o correspondente da Euronews, Apostolos Staikos