Última hora

52 polícias morrem em tiroteio com guerrilheiros

52 polícias morrem em tiroteio com guerrilheiros
Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos 52 polícias morreram e seis ficaram, na sexta-feira, num tiroteio com guerrilheiros, no Egito.

Segundo a agência Reuters, que cita o Ministério egípcio do Interior, o grupo atacante ainda não foi identificado. Presume-se que esteja ligado ao radicalismo islâmico.

Os agentes da autoridade terão sofrido uma emboscada, na zona de Gizé, no deserto ocidental, a sudoeste do Cairo, durante uma operação para localizar um grupo extremista.

Segundo as autoridades, vários guerrilheiros foram abatidos. As forças de segurança continuam a patrulhar a área, realizando buscas.

Os ataques de radicais islâmicos têm crescido no país, principalmente na península do Sinai, em especial depois do presidente Mohamed Morsi, da Irmandade Muçulmana, ter sido derrubado em 2013.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.