This content is not available in your region

Patrulhas diárias em Chilapa por causa da violência

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Patrulhas diárias em Chilapa por causa da violência

Cerca de 300 escolas encerradas por mais de 48 dias. Uma consequência das ameaças de grupos criminosos organizados contra professores e estudantes em várias áreas do estado mexicano de Guerrero.

De dia e de noite, o patrulhamento policial e de militares é uma constante em municípios como Chilapa, um dos mais afetados.

“Há um dispositivo operacional em marcha há algum tempo em Chilapa. Lamentavelmente, a criminalidade voltou a aparecer e isso obriga-nos a reforçar a segurança num município ou região, dependendo de onde se registarem ocorrências. O interesse é regressar às aulas com as condições requeridas”, sublinhou o Governador do Estado de Guerrero, Hector Astudillo Flores.

O cenário é de guerra num dos estados mais castigados pela violência associada à droga.

Só no município de Chilapa encontraram-se recentemente sete corpos desmembrados ao pé de uma estrada.

A região tem sido afetada pelos confrontos entre de dois grupos rivais – Los Rojos e Los Ardillos.

Apesar de não terem sido registadas ações contra escolas, as autoridades suspenderam as aulas por precaução.