Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

APEC: Tratado Transpacífico de comércio livre continua

APEC: Tratado Transpacífico de comércio livre continua
Tamanho do texto Aa Aa

O Tratado Transpacífico de Comércio Livre vai continuar, garantiram os 11 ministros do fórum da Cooperação Económica Ásia-Pací­fico (APEC), em comunicado.

O acordo esteve em risco após a retirada dos Estados Unidos da América, em janeiro, por Donald Trump.

Em Danang, no Vietname, na cimeira da APEC, o presidente norte-americano retomou o discurso de “a América primeiro”, defendendo acordos bilaterais em detrimento de acordos multilaterais.

Com um discurso protecionista, assegurou que não vai deixar que os Estados Unidos continuem a ser prejudicados e que lhe fora garantido que “em breve todos se comportariam de forma justa e responsável”. Donald Trump denunciou, ainda, “abusos comerciais crónicos” e avisou que os Estados Unidos “não os vão tolerar mais”.


Com um discurso divergente, o presidente chinês defendeu uma maior abertura da economia, afirmando que a globalização é uma tendência irreversível.

Xi Jinping salientou que os países “devem continuar a promover uma economia aberta que beneficie todos. A abertura traz progresso, enquanto o auto-isolamento é um atraso.” O chefe de Estado chinês sublinhou que “as economias da Ásia-Pacífico, conhecem isso muito bem devido à própria experiência de desenvolvimento”.

A Cooperação Económica Ásia-Pací­fico reúne 21 economias da região do Pací­fico, que juntas equivalem a cerca de 60% do Produto Interno Bruto mundial.