Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Refugiados rohingya receiam regresso a Myanmar

Refugiados rohingya receiam regresso a Myanmar
Tamanho do texto Aa Aa

A notícia do acordo de repatriamento, que prevê o regresso de centenas de milhares de refugiados rohingya ao Myanmar, foi recebida com apreensão pelos membros desta comunidade abrigados no Bangladesh.

“Não confio no governo birmanês. O meu marido já teve de fugir três vezes. Esta é a minha segunda vez. O governo birmanês faz sempre a mesma coisa”, dizia-nos uma mulher no campo de Cox’s Bazar.

Um ancião salientava o seguinte: “Regressamos ao nosso país se os nossos pedidos forem atendidos. Pedimos que nos deem finalmente a cidadania e que também nos devolvam as nossas terras”.

“Regressamos se nos deixarem em paz e se pudermos viver tranquilos como os budistas e as outras minorias étnicas”, apontava um outro refugiado.