Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Centeno candidato à presidência do Eurogrupo

Centeno candidato à presidência do Eurogrupo
Tamanho do texto Aa Aa

Mário Centeno é candidato à sucessão do holandês Jeroen Dijsselbloem na liderança do Eurogrupo. Além do ministro das finanças de Portugal, concorrem à chefia deste grupo informal dotado de grandes poderes os homólogos da Eslováquia, Peter Kazimír, da Letónia, Dana Reizniece-Ozola, e do Luxemburgo, Pierre Gramegna. A eleição está marcada para segunda-feira, dia 4 de dezembro.

Ao confirmar a candidatura, Centeno afirmou:

"O futuro do país está ligado ao futuro da União Europeia. O euro deve ser um instrumento que promova a convergência económica e social. Deve ser um instrumento que permita fomentar e facilitar o investimento, deve ser um instrumento que apoie a geração de emprego de qualidade."

O Financial Times dá o favoritismo ao ministro português. De acordo com o diário económico, o presidente francês, Emmanuel Macron, e a chanceler alemã, Angela Merkel, reuniram-se com os primeiros-ministros de Portugal e de Itália, à margem da cimeira UE-África, em Abidjan, na Costa do Marfim, para decidir qual dos dois países do sul iria avançar com a candidatura. Resta saber se o "Ronaldo do Eurogrupo" irá ganhar a Bola de Ouro da zona euro.