Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Israel: Trump adia decisão de transferir embaixada americana para Jerusalém

Israel: Trump adia decisão de transferir embaixada americana para Jerusalém
Tamanho do texto Aa Aa

Donald Trump adiou a decisão anunciada de transferir a embaixada dos Estados Unidos em Israel da cidade de Telavive para Jerusalém.

O presidente deveria ter-se pronunciado sobre o assunto esta segunda-feira, mas a Casa Branca acabou por anunciar que não há decisão definitiva nem momento previsto para que seja tomada.

A pressão regional e internacional é enorme. Mudar a embaixada para Jerusalém significaria o reconhecimento implícito da Jerusalém como capital de Israel.

O presidente da Autoridade Palestiniana, Mahmoud Abbas, diz que uma tal decisão “destruiria o processo de paz”. O Hamas, que dirige a Faixa de Gaza, ameaça responder com “uma nova intifada”.

Diversos líderes internacionais temem uma escalada de violência e defendem que o estatuto de Jerusalém deve ser definido no âmbito das negociações de paz israelo-palestinianas.

A mudança da embaixada dos Estados Unidos para a cidade de Jerusalém está prevista numa lei adotada em 1995 pelo congresso norte-americano, mas nenhum presidente até agora ousou tomar a decisão.

Trump fez desta medida uma promessa de campanha.