Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Erdogan adota tom conciliador no último dia da viagem à Grécia

Erdogan adota tom conciliador no último dia da viagem à Grécia
Tamanho do texto Aa Aa

Foi com uma deslocação uma cidade que em tempos pertenceu ao império otomano e com um discurso mais contido que o chefe de Estado turco concluiu a visita oficial à Grécia. Recep Tayyip Erdogan foi recebido com euforia pela comunidade muçulmana de Komini, no norte do país, atenuando momentos de tensão registados na véspera com o homólogo grego. Desde logo, com a vontade do Presidente turco atualizar o tratado de 1923 que define as fronteiras da Turquia moderna e com o chefe de Estado grego a dizer que está bem como está. O tom quase crispado sobre o Tratado de Lausanne e sobre a minoria muçulmana da Trácia Ocidental, no nordeste da Grécia, deu, entretanto, lugar a um tom mais pacificador.

Para o ministro turco dos Assuntos Europeus esta é uma prova de que o entendimento é possível. "Como pode ver, o nosso Presidente pode falar abertamente e de forma agradável com o homólogo grego e com o primeiro-ministro, como dois países amigos e vizinhos. É importante discutir os nossos problemas e exprimir as divergências para que posteriormente nos possamos focar nas relações futuras" afirma Ömer Çelik.

Também, o Governo grego também optou por destacar os aspetos positivos desta visita histórica, a primeira de um presidente turco a Atenas em mais de seis décadas.