Última hora

Última hora

Brexit em 2ª fase de negociações

Brexit em 2ª fase de negociações
Tamanho do texto Aa Aa

Os líderes europeus reunidos em Bruxelas deverão dar luz verde na sexta-feira à 2ª fase das negociações sobre a saída britânica da UE.

A primeira-ministra britânica, Theresa May, recebeu um acolhimento positivo na quinta-feira, dos seus homólogos europeus, desejosos de acelerar as negociações e de conhecer as intenções britânicas sobre o tipo de parceria pós-Brexit.

Esta sexta-feira, no segundo dia da cimeira europeia, será decidido se foram feitos progressos suficientes nas negociações relativas às prioridades da separação – direitos de cidadãos expatriados, liquidação financeira e fronteira entre a República da Irlanda e a Irlanda do Norte – para que possa ser aberta a discussão sobre a parceria pós-divórcio.

Os líderes europeus aceitam abrir em janeiro o debate sobre um período de transição de dois anos após a separação, prevista para fins de março de 2019, mas não desejam discutir as questões comerciais antes disso, pois querem conhecer as intenções britânicas sobre o tipo de parceria pós-Brexit.

“O que é necessário agora é que coloquemos o aperto de mão da passada sexta-feira num texto legalmente vinculativo. Precisamos de um texto do Artigo 50 o mais rápido possível. Nos domínios dos direitos dos cidadãos, da fatura a pagar por Londres e da questão da fronteira”, disse o primeiro ministro holandês Mark Rutte, que recentemente disse odiar todos os aspetos do Brexit e não entender “intelectualmente” a saída britânica por causa dos efeitos negativos que terá não apenas no Reino Unido, mas em todos os outros estados membros da União Europeia.

Depois de Bruxelas e Londres terem encontrado uma fórmula de acordo prévio para o Brexit, espera-se que os restantes 27 Estados membros ratifiquem o documento que clarifica a situação dos expatriados europeus em solo britânico e o futuro da fronteira que separa a República da Irlanda da Irlanda do Norte.