Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Terrorista italiano extraditado para Roma

Terrorista italiano extraditado para Roma
Tamanho do texto Aa Aa

Foi extraditado para Roma o cidadão italiano procurado pelas autoridades de Itália para cumprir prisão perpétua por terrorismo e detido, em junho, em Fátima, no distrito de Leiria.

Maurizio Tramonte, 65 anos, é um antigo informador dos serviços secretos junto dos grupos de extrema direita. É um dos autores do atentado com uma bomba na cidade de Brescia, em 1974, que provocou oito mortos e 102 feridos, durante uma manifestação anti-fascista.

A extradição para o cumprimento de prisão perpétua foi decidida a 24 de julho pelo Tribunal da Relação de Évora.

Segundo um comunicado da Unidade Nacional de Combate ao Cibercrime e à Criminalidade Tecnológica da PJ, Maurizio Tramonte foi condenado em definitivo pela justiça italiana, no dia 20 de junho, tendo a detenção em Portugal sido feita no âmbito de um mandado de detenção europeu.

A condenação surgiu 41 anos depois do ataque em Brescia, considerado um dos atos terroristas mais terríveis na Itália, juntamente com o perpetrado na Piazza Fontana em Milão em 1969, que matou 16 pessoas e um outro na estação de Bolonha em 1980, que provocou 85 mortes.