Última hora

Última hora

Ataques aéreos em Ghouta Oriental, enclave da oposição síria

Em leitura:

Ataques aéreos em Ghouta Oriental, enclave da oposição síria

Ataques aéreos em Ghouta Oriental, enclave da oposição síria
Tamanho do texto Aa Aa

Aviões militares russos e do governo sírio bombardearam no sábado a região de Ghouta Oriental, enclave da oposição síria nos arredores de Damasco, matando pelo menos 17 civis, entre os quais duas crianças e três mulheres, de acordo com a ONG Observatório Sírio de Direitos Humanos. Os ataques mais mortíferos terão ocorrido em Hamuria. 

Imagens cuja autenticidade não pôde ser confirmada, divulgadas nas redes sociais pelos Capacetes Brancos, mostram um avião militar que alegadamente sobrevoa a cidade de Arbin e voluntários da organização que ajudam pessoas feridas em Arbin e Harasta após os alegados ataques aéreos.

Desde o dia 29 de dezembro, Ghouta Oriental é alvo de uma ofensiva das forças governamentais, que combatem na região de Harasta grupos islâmicos e rebeldes, entre elas a Organização para a Liberdade do Levante, aliança liderada pela antiga Frente al Nusra, ex-filial da Al Qaeda na Síria.

De acordo com o conselheiro especial da ONU, Jan Egeland, há cerca de 400 mil pessoas sitiadas pelas forças governamentais em Ghouta Oriental, no meio de constantes ataques de mísseis lançados pelos rebeldes contra Damasco.