Inflação pode chegar aos 10.000% em 2018

Inflação pode chegar aos 10.000% em 2018
De  Rodrigo Barbosa
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Números são avançados pela Assembleia Nacional, controlada pela oposição, que diz que a inflação atingiu os 2616% no ano passado

PUBLICIDADE

A Venezuela terminou 2017 com uma inflação de 2616% e esse valor pode atingir os 10.000% em 2018. Os dados são avançados pela Assembleia Nacional, dominada pela oposição, face à ausência de números oficiais por parte do Banco Central.

Segundo os opositores, a causa principal da inflação galopante foi a "impressão de dinheiro [...] para financiar o défice do governo" do presidente Nicolás Maduro.

A queda da moeda venezuelana face ao dólar é apontada como uma das razões principais do aumento quase diário dos preços no país.

No fim da semana passada, as autoridades ordenaram a 26 cadeias de supermercados que reduzissem os preços de determinados produtos, gerando grandes filas de consumidores. Militares asseguravam este domingo a segurança em vários estabelecimentos, depois de, desde o início do ano e, em particular, na passada sexta-feira, se terem registado pilhagens em várias regiões do país.

Portugal está a averiguar a situação dos supermercados da comunidade portuguesa e luso-descendente, que se queixou ao ministro português dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, das descidas nos preços a que se viu forçada.

Editor de vídeo • Rodrigo Barbosa

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Venezuela desqualifica candidata presidencial da oposição María Corina Machado

Guiana: Presidente venezuelano assume controlo da exploração de crude e gás da região de Essequibo

Mega-operação para retomar controlo de prisão