Supremo nega pedido de 'Habeas Corpus' de Lula da Silva

Supremo nega pedido de 'Habeas Corpus' de Lula da Silva
De  Nara Madeira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

O Supremo negou o pedido da defesa de Lula que pretende evitar que este seja detido antes de todos os recursos.

PUBLICIDADE

O Supremo Tribunal brasileiro negou o pedido de "habeas corpus" entregue pela defesa de Lula da Silva. O objetivo era impedir a detenção do ex-presidente, que esgotou todas as possibilidades em tribunais de segunda instância. A pena do antigo chefe de Estado foi, aliás, aumentada, no último julgamento, de mais de nove anos para 12 anos e um mês.

Os advogados de Lula alegavam ser "inconstitucional" a decisão do Tribunal Regional Federal da 4.ª Região de impor a execução imediata da sentença. A defesa considera que este tem direito a recorrer em liberdade. O juiz Humberto Martins não concordou.

Lula, apoiado pelo PT na sua recandidatura à presidência do Brasil, pode ainda recorrer a duas altas instâncias, o Supremo Tribunal de Justiça e, caso este confirme a condenação, ao Supremo Tribunal Federal e pretende fazê-lo em liberdade. 

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Lula da Silva perde novo recurso agora no Supremo Tribunal de Justiça

Dezenas de milhares de brasileiros saíram à rua para mostrar apoio a Bolsonaro em São Paulo

"Bloco da latinha": este desfile de Carnaval ouve-se muito antes de se ver