This content is not available in your region

Supremo nega pedido de 'Habeas Corpus' de Lula da Silva

Access to the comments Comentários
De  Nara Madeira
Supremo nega pedido de 'Habeas Corpus' de Lula da Silva

O Supremo Tribunal brasileiro negou o pedido de "habeas corpus" entregue pela defesa de Lula da Silva. O objetivo era impedir a detenção do ex-presidente, que esgotou todas as possibilidades em tribunais de segunda instância. A pena do antigo chefe de Estado foi, aliás, aumentada, no último julgamento, de mais de nove anos para 12 anos e um mês.

Os advogados de Lula alegavam ser "inconstitucional" a decisão do Tribunal Regional Federal da 4.ª Região de impor a execução imediata da sentença. A defesa considera que este tem direito a recorrer em liberdade. O juiz Humberto Martins não concordou.

Lula, apoiado pelo PT na sua recandidatura à presidência do Brasil, pode ainda recorrer a duas altas instâncias, o Supremo Tribunal de Justiça e, caso este confirme a condenação, ao Supremo Tribunal Federal e pretende fazê-lo em liberdade.